O QUE É A AGIP – ASSOCIAÇÃO GAÚCHA DE INSTITUIÇÕES DE PREVIDÊNCIA PÚBLICA?

A AGIP é uma associação civil de direito privado, sem fins lucrativos, de âmbito estadual, que tem por objetivo congregar as instituições de previdência Pública do Estado do Rio Grande do Sul, defender suas reivindicações, buscar junto ao poder público as soluções dos problemas de sua competência. Incentivar o intercâmbio de conhecimentos de caráter técnico, administrativo e consultivo, no estudo de soluções dos problemas entre as instituições filiadas e entidades congêneres, zelar pela observância e fiel cumprimento da legislação que regulamenta os Regimes Próprios de Previdência Social e promover eventos objetivando a unificação de procedimentos e estudo de problemas das entidades de Previdência em geral.

O QUE QUER A AGIP?

O que queremos é que a previdência social, apesar das constantes transformações, não se descaracterize de seu perfil social, que consolidou ao longo de sua história, transformando-se hoje no maior sistema de distribuição de renda do país. Precisamos colocar em primeiro lugar os interesses do povo brasileiro, face as grandes demandas sociais que estão a exigir de todos os brasileiros um mínimo de patriotismo, inventividade, criatividade e sobretudo espírito público, com vistas ao equacionamento dos graves problemas que afetam a sociedade brasileira.

QUAL O DESAFIO DA AGIP?

Para a AGIP o maior desafio é a viabilidade e estabilidade dos Fundos de Previdência, procurar conhecer seus riscos estruturais e conjunturais com responsabilidade, avançar na busca de soluções para os problemas de informação e formação dos servidores envolvidos na gestão dos Fundos. Portanto, para termos uma visão global da legislação atual, das perspectivas e da viabilidade dos fundos de Previdência é imprescindível a participação de cada um na construção de uma nova cultura previdenciária, capaz de fomentar o desenvolvimento social e econômico brasileiro.

 

Diretoria

PRESIDENTE: ALDERI ZANATTA

VICE –PRESIDENTE: MARCIO NUNES FERREIRA

DIRETOR ADMINISTRATIVO EXECUTIVO: JOSÉ MARLY DOS SANTOS BRANDO 

DIRETOR DE POLITICA PREVIDÊNCIARIA PÚBLICA: CARLOS ONEIDE DOS SANTO SANTOS

DIRETOR FINANCEIRO: JONE DA SILVA

 DIRETOR DE LEGISLAÇÃO PREVIDÊNCIARIA: ARI LOVERA

DIRETOR DE COORDENADORIAS: HILSON MOREIRA DA SILVA

DIRETOR DE FORMAÇÃO PREVIDÊNCIARIA: PAULO HENRIQUE MAGANHA

DIRETOR REGIÃO NORTE: ALCEU LEIRIA DUARTE

DIRETOR REGIÃO SUL: DIOGÉNES EGLON DA SILVA RODRIGUES

DIRETOR DE TECNOLÓGICA DE INFORMAÇÃO PREVIDÊNCIARIA: ANTONIO ALAERTE CORTELINI DE BORBA,

 

CONSELHO FISCAL:

MARCOS IVAN DOS SANTOS 

ATOS ROGÉRIO MARQUES DOS REIS 

VOLMIR FALEIRO